A calibragem correta dos pneus garante a vida útil dos mesmos, a segurança do motorista e a economia de combustível. No entanto, para fazer o serviço correto em sua oficina mecânica, loja de automóveis ou auto center, você precisa saber usar o calibrador de pneus da maneira correta. Portanto, para ajudá-lo, preparamos este post.

Nele, daremos algumas dicas para que você possa colocar em prática e ao mesmo tempo garantir ao seu cliente um serviço de qualidade. Ficou interessado em aprender tudo com a gente? Então, acompanhe com muita atenção o nosso artigo!

1. Entenda como funciona o calibrador de pneus

Antes de calibrar os pneus de um automóvel, você precisa realmente entender como funciona o calibrador de pneus. Você que é o do ramo automotivo, já deve saber que há algumas supostas diferenças de leitura e pressão no calibrador digital. Já nos calibradores comuns, a mangueira não fica com pressão e isso acontece por uma questão de segurança.

Nesses calibradores, há apenas um diafragma no interior do aparelho, que abre e fecha, permitindo ou não a passagem de ar. Entretanto, quando em desuso, a pressão equivale a externa, ou seja, zero.

2. Coloque o bico da mangueira na válvula do pneu

Quando você coloca o bico da mangueira na válvula do pneu, o ar interno sai para a mangueira, que fica pressurizada. No aparelho, você consegue fazer a leitura dessa pressão e comparar o obtido (na mangueira), com a que está programada, para poder usar o calibrador de pneus da forma correta.

3. Verifique se o aparelho está regulado para 110 PSI

Nossa terceira dica é para você verificar se o aparelho está regulado para 110 PSI. Se ele estiver regulado e você constatar que na mangueira a pressão é menor, você deverá abrir o diafragma.

Com isso, permitirá a passagem de ar da linha que vem do compressor para o interior do pneu. Mas se a pressão na mangueira for maior, o diafragma não se abrirá e o aparelho irá liberar o ar da mangueira para o ambiente e baixar a pressão no pneu.

4. Atinja a pressão programada

No caso dos pneus com a pressão baixa, o calibrador irá fazer a equalização. Ele irá atingir a pressão programada. O aparelho também emitirá um sinal sonoro. Neste momento, você terá a mesma pressão no calibrador, na mangueira e no pneu. E isso é explicado pela física, é um princípio chamado de vaso comunicante.

5. Retire o bico da válvula do pneu

Você deve retirar o bico da válvula do pneu. Ao fazer isso, o ar da mangueira será expelido e a pressão voltará a zero. No interior do calibrador, o diafragma se fechará e impedirá a saída de ar proveniente do compressor.

6. Coloque a mangueira na válvula

Na sexta dica sobre como usar o calibrador de pneus da forma correta, você deverá colocar a mangueira na válvula. Isso aumentará o volume (pneu+mangueira) e aí, você terá uma leitura menor porque a quantidade de ar que está no pneu é a mesma.

No entanto, você terá que distribuir o ar por esse maior volume. Lembre-se que quanto maior for o comprimento da mangueira, maior será a diferença.

7. Verifique a pressão com um calibrador de mangueira curta

Caso você queira tirar suas dúvidas, deverá medir a pressão com um calibrador de mangueira curta. Mas, fique atento! Se usar esse calibrador de mangueira curta logo que calibrar com o outro de mangueira longa, você não verá diferença. Para calibrar os pneus, não importará o comprimento da mangueira. No entanto, caso você precise medir, aferir e verificar se está correto, deverá usar a mangueira curta.

Também não se esqueça que quando se coloca a mangueira do calibrador digital na válvula, o ar não vai do calibrador para o pneu e sim do pneu para o calibrador. Portanto, é por essa razão que os calibradores digitais possuem um botão com o nome “Vazio” que, ao ser pressionado, abre o diafragma permitindo a saída do ar para o compressor. No entanto, se o pneu estiver vazio, não haverá ar para encher a mangueira e o processo de comparação de pressões não terá início, ou seja, tudo ficará como está.

8. Preste atenção nas libras

E para finalizar as nossas dicas de como usar o calibrador de pneus, você deverá prestar atenção nas libras. Ao calibrar os pneus, jamais coloque libras a mais por causa da mangueira. Oriente seus clientes para manterem os pneus do automóvel sempre calibrados. Isso vai ajudar a economizar pneus e combustível, e ainda, vai garantir a segurança do condutor e dos ocupantes do carro.

Viu como é fácil usar o calibrador de pneus? Agora que você já sabe, poderá executar o serviço de calibragem com maior rapidez e qualidade, não é verdade? Além disso, também vai auxiliar seu cliente quando ele tiver que calibrar os pneus do automóvel.

Gostou do nosso conteúdo? Clique e veja os produtos que escolhemos especialmente para você!

Acesse o nosso próximo post e conheça os modelos de desmontadora de pneus da Engecass!